Pular para o conteúdo

Eu Já Estive Em “Faça Cócegas na Alma”

“Faça Cócegas na Alma” foi daqueles livros que algumas vezes ficam por meses, anos, na estante e você sem querer para e pega para ler. Mas, acredito que “sem querer” não existe. Existe a hora certa das coisas acontecer.

Peguei ele “sem querer” para ler, mas na verdade era algo que estava precisando ler neste momento. A autora, Anne Bryan Smollin, dedica-se a proferir palestras sobre bem-estar e espiritualidade. Seu livro, publicado pela Editora Verus, tem 54 capítulos, todos eles curtos, mas com sugestões de como viver melhor e mais feliz.

Não é o tipo de livro que você senta e lê tudo de uma vez. Na minha avaliação é mais válido você ler um, dois capítulos por dia, pensar sobre eles e tentar por em prática um pouco do que leu. Como se fosse uma terapia, quando você termina a sessão e sai pensando o que precisa fazer até o próximo encontro.

Pelo menos foi assim que eu li “Faça Cócegas na Alma”, de uma forma tranquila e leve, tentando colocar em prática algumas das coisas que li como “tentar rir mais vezes”, já que rir é quase que um remédio para o corpo diante da quantidade de sensações que são liberadas quando gargalhamos.

Outro ponto que me chamou a atenção e já tentei por em prática é errar todos os dias. Somos educados para sermos os melhores e mais perfeitos, mas errar também é aprender e estar mais próximos das pessoas. Quando erramos nos tornamos mortais e isso acaba nos aproximando de mais pessoas que erram também, assim como qualquer ser humano.

Tem alguns trechos que tirei do livro que também gostaria de compartilhar: “O bom humor jamais poderá fazer parte de nossa vida se não formos livres o bastante para correr o risco de viver cada momento”; “não podemos nos agarrar a alegria. Ela não é um objeto de posse que podemos reter com as mãos”.

E mais:

  • Estamos sempre mudando;
  • Precisamos avaliar quem somos e quem podemos vir a ser;
  • Precisamos ser corteses com nós mesmos e respeitar-nos;
  • Precisamos nos desfazer do passado e perdoar;
  • O perdão é um ato consciente;
  • Ontem é o passado, amanhã é o futuro, mas o hoje é um dom, por isso se chama presente;
  • Liberdade é aquilo que você faz com o que lhe foi dado;
  • Niguém é capaz de fazer você se sentir inferior sem o seu consentimento;
  • O sorisso é uma curva que endireita tudo.

E assim seguimos a semana!

Janaína Leme

@eujaestiveem

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: