Pular para o conteúdo

No mural A lenda do Brasil Eduardo Kobra inicia projeto de restauração de suas obras

O muralista brasileiro Eduardo Kobra iniciou um novo projeto, “A Arte de Conservar”, de restauração e revitalização de suas principais obras. Ele trabalhará, ao lado de sua equipe, até o dia 7 de dezembro no mural “A Lenda do Brasil”, de 41 metros por 17,5 metros, feito em homenagem ao piloto Ayrton Senna, na empena de um prédio na rua da Consolação, 2608 (esquina com a av. Paulista, em frente à Praça José Molina), em São Paulo. O trabalho foi iniciado há 15 dias.  De acordo com o artista, as próximas obras a serem restauradas são “Oscar Niemeyer”, na região da av. Paulista, também em São Paulo, e “Etnias – Todos Somos Um”, no Boulevard Olímpico, no Porto Maravilha, no Rio de Janeiro.

 O mural “A Lenda do Brasil”, que mostra o piloto de capacete e olhar expressivo, é uma das principais obras de Kobra, que tem Senna como uma de suas grandes referências. “Embora eu não seja ligado aos esportes, Senna sempre foi um dos meus maiores ídolos e uma inspiração para mim, com seu exemplo de determinação e superação. Além disso, transformou o ato de dirigir carros de corrida em, além de um esporte, uma verdadeira arte, que encantava e inspirava a todos”, afirma Kobra, que já pintou 12 murais, além de uma tela, sobre o tricampeão mundial de F-1 (nascido em 21 de março de 1960, em São Paulo).  Em setembro de 2019, Kobra realizou um mural. no autódromo de Ímola, Itália, onde o piloto morreu ao bater sua Williams nos muros da curva Tamburello, no GP de San Marino no dia 1º.  de maio de 1994. Em março deste ano, inaugurou o mural “Superação” no autódromo de Interlagos, em São Paulo.

“Este é um dos primeiros movimentos de restauração, revitalização e  preservação de murais, que já são verdadeiros patrimônios das cidades e, acredito, merecem receber os mesmos cuidados que os prédios, os monumentos públicos e qualquer obra de arte”, afirma o artista, que acrescenta: “a velha ideia de que a arte de rua é descartável e efêmera deve ser mudada.”

O artista urbano revela que com as novas técnicas, os murais podem resistir bem mais à passagem do tempo. “A durabilidade de um mural depende de fatores como as condições climáticas – calor, frio, chuva -, a poluição e se foi realizado em uma parede nova ou mais antiga. Agora podem ser tomados cuidados essenciais para que os murais durem mais, como um melhor preparo da parede, o uso de seladora e de tintas acrílicas como base e a aplicação de verniz ao final do trabalho”, afirma. 

Para a fase inicial do projeto, Kobra procurou pela Audi do Brasil, empresa que tem uma ligação histórica com o tricampeão mundial. Foi Senna que trouxe a marca alemã para o mercado brasileiro, em 1993. A empresa abraçou a ideia, assim como em 2015, ano em que iniciava a operação de sua fábrica no País. “Eles novamente receberam muito bem a ideia e viabilizaram essa primeira etapa do projeto, que busca começar um movimento para às próximas gerações terem acesso a esses maravilhosos trabalhos que têm sido feitos por artistas urbanos ao redor do mundo”, conta Kobra, que procurou também, sempre faz em tudo que se relaciona ao piloto, pelo Instituto Ayrton Senna, que aprovou a ação.  “É uma bela iniciativa da Audi do Brasil. Espero que inspire mais empresas a apoiarem a restauração dos outros murais”, diz Kobra, que em 2015 pintou com grafismos em homenagem ao piloto o A3 Sedan, primeiro carro produzido pela Audi no Brasil, exposto no ano seguinte no Salão do Automóvel.

De acordo com o artista, ter sonhos e projetos é sempre muito importante, mas também é fundamental olhar – e preservar – para o que já existe. “Não podemos pensar apenas no novo. É preciso ter um olhar para o que já existe em nossas casas e cidades, como as marquises dos prédios, as árvores, os monumentos e os murais”, diz Kobra, que acrescenta: “Já há alguns anos eu estava incomodado ao ver meus trabalhos deteriorados. A vontade de realizar um trabalho nesse sentido cresceu ainda mais durante a pandemia, já que as pessoas começarão cada vez mais a passear em suas próprias cidades”.

Cláudio Rawicz, diretor de Comunicação e Marketing da Audi do Brasil, comemora a nova parceria. “A inovação faz parte do DNA da nossa empresa, mas valorização da cultura e da história também são essenciais para qualquer sociedade. Por isso este projeto com o Kobra é tão importante. O mural do Ayrton Senna, um ídolo da nação brasileira, virou um cartão postal na cidade de São Paulo e traz lembranças positivas de uma pessoa que só trouxe alegrias para o nosso País”.  Segundo o diretor, 2020 é um dos anos mais importantes da Audi no Brasil. A empresa deu início a uma ofensiva de sustentabilidade ao firmar o compromisso global de ser uma companhia 100% neutra em carbono até 2050. “Uma das ações para atingir este objetivo é a introdução de 30 modelos eletrificados em todo o mundo até 2025. No Brasil os primeiros veículos 100% elétricos da marca já foram lançados: o Audi e-tron e o Audi e-tron Sportback”, diz.

As etapas da restauração do mural, segundo Kobra

1 – Montagem dos balancins

2 – Identificação dos problemas do mural: partes onde existem rachaduras, onde a tinta está descascando, desbotando ou há infiltrações de água. “Resguardando as proporções, é muito similar à restauração de uma pintura em tela”, diz.

3 – A partir dos pontos que são identificados, é feito o mapeamento para o restauro;

4 – Estudo sobre o procedimento a ser realizado em cada área mapeada do mural;

5 – Trabalho para descascar o que não está bom;

6 – Aplicação de massa corrida;

7 – Processo de lixagem;

8 – Aplicação de seladora

9 – Aplicação de tinta acrílica;

10 – Pintura (spray e compressor)

11 – Aplicação do verniz.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: