Pular para o conteúdo

Miriam Delefrate Guedes lança livro infantojuvenil durante a 20ª FIL

20ª Feira Internacional do Livro de Ribeirão Preto (FIL), que acontecerá no período de 21 a 29 de agosto, com abertura no dia 20 (sexta-feira), terá espaço para lançamentos de livros de autores locais. Miriam Delefrate Guedes é uma das escritoras que apresentará ao público sua mais nova obra infantojuvenil “Quando as flautas descem as montanhas”, produzida em parceria com a Fundação do Livro e Leitura de Ribeirão Preto. O lançamento acontece no dia 29 de agosto (domingo), às 17h30, durante a programação da FIL.

A produção do livro teve a participação da designer gráfica Débora Barbieri e do ilustrador Rogério Coelho e, segundo Miriam Delefrate Guedes, é destinado a crianças com nível em competência de leitura intermediário. “Mas, nada impede uma criança não alfabetizada de desfrutar do conto, através de uma leitura compartilhada por um leitor fluente ou apenas lendo as imagens. Um bom livro pode atrair leitores de todas idades”. A autora revela que as ilustrações tiveram um espaço relevante no projeto, pois observou, quando trabalhava em uma biblioteca, que as crianças escolhiam obras com mais imagens. “Por que um livro com mais texto, não poderia ter mais ilustrações, atraindo pré-adolescentes para uma leitura mais prazerosa? É um livro lindo com uma variedade de ilustrações e com cores vibrantes”, comenta.

“Quando as flautas descem as montanhas” retrata a história de Malowi, um menino inquieto, ansioso, sempre em busca de novas aventuras e com uma relação muito próxima à avó – que guarda um segredo, revelado ao longo da trama. A criança vive no povoado dos Kardiás – que, no passado, enfrentou uma guerra com a tribo vizinha, os Koinôs. A avó narra a origem desta adversidade. Em gratidão ao dia, os Koinôs costumam tocar flautas ao entardecer e Malowi, o pequeno protagonista, acaba se interessando por essa tradição, que não é, a princípio, um costume do seu povo. “Ao longo da história ele vai aprender a tocar flauta. A música é uma das camadas do livro, que propõe o resgate da música interna de cada um de nós, além de abordar a importância do conhecimento das histórias antigas dos nossos antepassados”, comenta Miriam. De acordo com ela, a jornada do personagem Malowi é um ensinamento sobre a descoberta das raízes e os reflexos que os comportamentos das crianças sofrem pela influência do contexto familiar.

A autora revela que o texto começou a ser produzido em 2013, em uma primeira versão que foi retomada apenas em 2020, quando rescreveu boa parte da história. “Ele ficou guardado e não tive a oportunidade de publicá-lo. E, em 2021, através de uma parceria com a Fundação do Livro e Leitura de Ribeirão Preto, consegui finalizá-lo”.

Miriam explica que seus textos não são escritos pensando em um objeto final. “As histórias eclodem. Claro que quando contamos um conto, falamos de nossas vivências”, mostra. No entanto, o período de distanciamento social e a intolerância levaram Miriam a escrever esta história. “As pessoas se juntaram em grupos e defendem seus pontos de vista como verdades únicas e absolutas e aquilo que é diferente do que pensam, acaba sendo um objeto de repúdio. É isso que o texto retrata com as duas tribos. É possível respeitar as diferenças: uma delas fixa seu território, um povo de um coração muito sensível, e a outra, um povo nômade, que tem a música como expressão da sua espiritualidade e arte”, reforça.

Todos os elementos da obra são fictícios, mas baseados em elementos reais, como por exemplo, o país Áfora, inspirado no continente africano. Porém, a escritora não se ateve apenas a uma etnia ou a povos locais e revela que fez muitas pesquisas sobre o comportamento de crianças nas tribos, incrementando o enredo deste conto fictício.

Ilustrações

O ilustrador Rogério Coelho explica que o trabalho, o que ele chama de “gestação”, levou nove meses para ficar pronto. “Fiquei feliz com o resultado. A somatória de talentos criou um livro com personalidade forte, no texto e na imagem”, afirma. Ele ainda revela que o trabalho com Miriam foi feito de forma tranquila e com respeito aos espaços de cada profissional. “Ela me ensinou muito, não só com relação à escrita, mas também no aspecto pessoal”.

Coelho explica que foi realizada uma pesquisa geral sobre a arte africana em seus diversos tipos de expressões. “Isso resultou em um conjunto de ilustrações com formas bem marcadas e cores vibrantes”.

“Quando as flautas descem as montanhas” tem patrocínio da Usina Alta Mogiana e será impresso e distribuído gratuitamente em instituições de ensino. Também estará disponível para download, após o lançamento durante a 20ª FIL, na plataforma oficial da Fundação do Livro e Leitura de Ribeirão Preto.

20ª FIL – FEIRA INTERNACIONAL DO LIVRO DE RIBEIRÃO PRETO

A 20ª edição da FIL – Feira Internacional do Livro de Ribeirão Preto será realizada integralmente no formato on-line, entre os dias 20 e 29 de agosto. No ano passado, o evento foi adiado em função do avanço do Coronavírus (Covid-19) no país, mas foi anunciado com abrangência internacional a partir da sua 20ª edição. Por isso, recebeu recentemente nova nomenclatura e teve identidade visual reformulada.

Para 2021, diante da continuidade da crise sanitária, a decisão estratégica da organização do evento convergiu para realizá-lo no ambiente virtual, com transmissão ao vivo pela plataforma oficial da Fundação: www.fundacaodolivroeleiturarp.com e canal do YouTube da instituição: https://www.youtube.com/user/FeiraDoLivroRibeirao.

A Feira consagrou-se como um dos maiores eventos culturais do país: com 20 anos de história e 19 edições realizadas, já reuniu mais de 3 mil escritores e artistas com 6 milhões de leitores visitantes. Neste ano, a FIL contará com cerca de 60 atividades, durante 10 dias, e em torno de 110 horas de programação.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: