Pular para o conteúdo

Faro Editorial lança este mês mais um livro de contos da autora Ruth Guimarães

Uma das maiores escritoras negras do Brasil, a primeira e ter reconhecimento nacional ainda em vida de sua obra; cronista, jornalista, romancista, contista e tradutora Ruth Guimarães terá mais um livro publicado pela Faro Editorial: “Contos do céu e da Terra”.

Os contos presentes nos livros de Ruth foram extraídos unicamente da tradição oral dos povos do Vale do Paraíba, no encontro entre três estados, Rio de Janeiro, São Paulo e Minas Gerais. A autora seguiu, na produção desses textos, técnicas de coleta folclórica que aprendeu com o professor, Mário de Andrade, entre os anos de 1942 e 1944. 

Formada em Letras Clássica pela USP, Ruth iniciou sua carreira como jornalista, escrevendo para grandes veículos como a Revista do Globo, O Estado de S. Paulo e Folha de S. Paulo, mas foi na literatura que ela encontrou sua paixão. Autora de mais de 50 publicações entre ensaios folclóricos, romance, contos, traduções, crônicas e reportagens, também atuou como professora que formou várias gerações.

Era membro da Academia Paulista de Letras e cultivou grandes amizades ao longo de sua história, entre eles Érico Veríssimo, um fã declarado de suas crônicas e o primeiro a aclamar a obra “Água Funda”, publicado em 1946. Guimarães Rosa e o escritor e folclorista Luís da Câmara Cascudo também tiveram amizade próxima com a escritora, ao longo de toda a vida.

Ruth Guimarães teve trajetória marcada não só pela literatura, com as 51 obras que publicou, entre ensaios folclóricos, romance, contos, traduções, crônicas e reportagens, mas também como professora que formou gerações. Entre seus alunos se destacam escritores como Severino Antonio e Regis Morais, e médicos como Aurelino Ferreira Júnior. 

Uma autora brasileira que merece ser celebrada, e que mantém seu legado vido entre nós. Sua trajetória de pesquisadora da cultura popular e do folclore, associada a uma intensa produção erudita no campo da tradução e da crítica literária, a colocam no cenário dos grandes intelectuais brasileiros. 

A coleção, que já teve dois livros lançados em 2020, “Contos Negros” e ‘Contos Índios” ainda terá mais um título no próximo ano. 

Sobre “Contos do céu e da Terra”

Ruth Guimarães, ao compendiar os contos que integram a presente coletânea, costurou habilmente dois de seus muitos condões de polígrafa: a escritora, que sempre emprestou os ouvidos à escuta amorosa, de que nutria suas páginas no campo da ficção; e a etnógrafa, cuja erudição, ainda na quadra primaveril da vida, assombrou Mário de Andrade. E segue a nos assombrar, quando deparamos, por exemplo, seus périplos por mundos aparentemente distintos, mas que se revelam em sua unidade original. Isso ocorre especialmente no estudo sobre a presença do sobrenatural no Vale do Paraíba, em Os filhos do medo, obra impossível de ser delimitada, abarcando várias áreas do saber e avançando corajosamente para os domínios literários. Afinal, para a mestra vale-paraibana, a literatura da voz é tão importante quanto a outra, a formal, por vezes rígida, que dela deriva, embora, por vezes, negue qualquer filiação.

A leitura destes contos, alguns de teor lendário, convida-nos a agradecer a quem, durante sua jornada na terra, fez da faina intelectual a razão de sua existência, nutrindo-se e nutrindo-nos de histórias que, universais em essência, particulares em ambiência, linguagem, pormenores, parecem ter saltado de um sonho abraçado por muitas coletividades para as salas e os alpendres do Brasil interior. O Brasil que Ruth Guimarães amou e que, aos poucos, a redescobre.

Marco Haurélio – Escritor e pesquisador das tradições populares

Ficha técnica

Título: Contos do céu e da terra

Nº de págs: 144

Preço: R$39,90

Sobre a autora:

RUTH GUIMARÃES, romancista, contista e tradutora, foi especialista em folclore. Teve como professor Mário de Andrade. Participou do I Congresso Brasileiro de Folclore, realizado no Rio de Janeiro, em agosto de 1951, quando travou amizade com Renato de Almeida, Rossini Tavares de Lima e Luís da Câmara Cascudo. Realizou pesquisas sobre a tradição oral e recontou maravilhosamente histórias que passam de geração a geração pelos contadores, especialmente no Vale do Paraíba paulista e no litoral de São Paulo. Ruth publicou oito livros com a temática dos contos populares, voltados para o resgate de histórias bem brasileiras. Também tem um trabalho erudito, que contempla, além de romance, contos, ensaios e traduções do francês, latim e italiano. Foi membro da Academia Paulista de Letras.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: