Pular para o conteúdo

Eu Já Estive Em “Somos Todos Malas”, de Daniela Yuri Uchino

Se você pensa que esse é um livro sobre malas de viagens, está enganado! “Somos Todos Malas”, de Daniela Yuri Uchino vai muito além. Com muito bom humor, a autora nos apresenta alguns tipos de pessoas consideradas malas, mas mais do que isso, nos faz pensar quantas vezes nós já não fomos alguém mala para outra pessoa também.

“Somos Todos Malas” é repleto de histórias recheadas de humor com os chatos que todos nós conhecemos bem. São 20 histórias escritas ao longo dos anos por Daniela. A primeira história, que deu origem ao livro, foi a Turista Mala e conta a história de um casal que durante uma viagem acaba carregando a tira colo aquele turista que viaja sozinho e fica o tempo todo buscando companhia. E essa é uma história real, que inclusive aconteceu com a autora em uma viagem à Fortaleza.

São muitos os tipos de malas descritos no livro: a mãe que acaba de ter o bebê e só fala dele, a tia que vai para a festa da família e fotografa cada detalhe, a mãe de pet que trata o cachorro com todas as regalias de uma criança, aquele malandro que tira vantagem de todos, cunhados malas, sogras malas, enfim uma infinidade.

Mas, para mim, o ponto alto do livro é justamente quando você para e observa que você também pode ser um mala para os outros as vezes. Eu me identifiquei já fazendo festa de aniversário para o meu cachorro, por exemplo, ou sendo o viajante solitário que algumas vezes pega carona na companhia de estranhos, ou aquela pessoa que quer dar uma serventia para tudo e só se desapega de algo que sabe que vai ser útil para alguém.

Esse é o primeiro livro publicado de Daniela Yuri Uchino, que, com bom humor, nos coloca frente a frente com vários tipos de pessoas bem comuns em nossas vidas. A autora é paulistana, mestre e doutora em Letras pela USP. Antes das primeiras letras, Daniela criava e inventava brinquedos e brincadeiras, histórias e diálogos e foi transformando essas narrativas em texto ao longo dos anos.

Sinopse: Em “Somos Todos Malas”, Daniela Yuri Uchino nos brinda com vinte histórias de muito humor sobre os vários tipos de mala sem alça e as situações desconfortáveis que eles criam: aquele cunhado que insiste em pedir dinheiro emprestado; a faxineira orgulhosa que desafia a patroa a cada oportunidade; a namorada controlada; a tia casamenteira que pressiona todos os sobrinhos para vê-los no altar. E não poderia faltar a sogra. Mas esta não é mala, é um verdadeiro baú com suas provocações indiretas. Com seu olhar preciso de diálogos afiados, cheios de ironia e brasilidade, a autora faz um verdadeiro raio X da nossa sociedade-mala do século 21. São histórias que, além de diverti-lo, vão ajudar você a aprimorar o olhar crítico sobre a família e os relacionamentos. Então, não seja um leitor-mala e divirta-se com esse livro. Mas cuidado! Você corre o risco de ser reduzido por esses malas e terminar enredado definitivamente nas teias destas narrativas.

“Somos Todos Malas” tem 264 páginas, foi publicado pela Casa do Editor e está disponível na Amazon no formato impresso e digital. Assinantes Kindle Unlimited acessam o e-book gratuitamente.

Janaína Leme

@eujaestiveem

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: