Pular para o conteúdo

Eu Já Estive Em “As 999 primeiras mulheres de Auschwitz”, pela Tocalivros

Sensibilidade! Acredito que Heather Dune Macadam foi de uma sensibilidade imensa neste trabalho magnifico. Segundo informações ouvidas no próprio audiolivro, a autora escreve usando parte dos diálogos e/ou frases que foram ditas pelas vítimas do Holocausto que se dispuseram a falar com Heather e relembrar o que conseguiram desses anos de suas vidas.

Se pensar que já não há tantas sobreviventes, você ter a sensibilidade de encontrar quem resistiu a tudo o que é contado aqui e ainda consegue falar sobre, é quase que como achar uma agulha no palheiro, e a autora conseguiu. Logo no começo a autora já conta como foi todo o processo para buscar as informações que compõem a obra e dá detalhes das sobreviventes e como usa os diálogos e frases na composição do conteúdo.

Um dos capítulos que me chamou a atenção por jamais pensar nisso, foi o capítulo oito, inteiro voltado a astrologia. Ele mostra a complexidade do número 9 e o quanto tudo leva a crer que o número 999 para o primeiro transporte de mulheres foi pensado de acordo com a astrologia. Passar fome a ponto de nem menstruar mais era uma das brutalidades a que essas mulheres foram expostas e ao ouvir a história, nem de longe é a pior.

Sinopse: em 25 de março de 1942, quase mil mulheres jovens, solteiras e de origem judaica embarcaram em um trem para Poprad, na Eslováquia. Repletas de um sentimento de aventura e orgulho nacional, elas deixaram as casas de seus pais trajando suas melhores roupas e dizendo adeus, repletas de confiança. Ao acreditarem que iriam trabalhar em uma fábrica por alguns meses, elas estavam ávidas por comparecer a serviço do governo. Em vez disso, essas jovens mulheres – muitas delas adolescentes – foram enviadas a Auschwitz. A aclamada autora Heather Dune Macadam revela suas histórias comoventes, recorrendo a extensas entrevistas com sobreviventes e consultando historiadores, testemunhas e parentes dessas primeiras deportadas, para ampliar a literatura do Holocausto e a história das mulheres de forma marcante.

Heather Dune Macadam é vencedora de diversos prêmios literários. É coautora, juntamente a Rena Kornereich Gelissen, de Irmãs em Auschwitz. Já teve artigos publicados pelo The New York Times, National Geographic, The Guardian, The Daily Mail, Marie Claire, Newsweek, entre outras publicações. Heather combate ativamente aqueles que negam o Holocausto e é diretora presidente da Fundação Rena´s Promise.

Priscila Scholz, que narra “As 999 primeiras mulheres de Auschwitz”, iniciou sua carreira em 1997. Como atriz já participou de inúmeros espetáculos adultos e infantis, e diversas produções de audiovisual. Sócia na empresa SóRiso Produções Teatrais Ltda, produz, dirige e cria peças teatrais. Componente do Coletivo da Fama e da Cia. Ópera do Mendigo. Narradora de audiolivros na Tocalivros.

As 999 primeiras mulheres de Auschwitz”, escrito por Heather Dune Macadam, produzido pela Tocalivros Estúdios e narrado pela Priscila Scholz, tem cerca de 14 horas de duração. A obra está disponível para compra individualmente (R$47,90) ou por meio da assinatura mensal (R$19,90), que disponibiliza mais de 2,5 mil audiolivros, 15 mil ebooks, entre outros benefícios. É composto por prefácio, nota da autora, principais passageiras do primeiro transporte e trinta e nove capítulos.

Janaína Leme

@eujaestiveem

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: