Pular para o conteúdo

Bernardo Bibancos dirige Lu Grimaldi no monólogo “Pundonor”

30 anos depois de carregar no colo a então criança Bernardo Bibancos, Lu Grimaldi agora é dirigida por ele em um novo monólogo, Pundonor (sm. Situação em que a honra e a dignidade são os pontos principais), premiado texto da atriz e dramaturga argentina Andrea Garote.

Durante seus anos de estudo em Buenos Aires, Bernardo, ator, roteirista e mestre Dramaturgia pela Universidade Nacional das Artes, onde Andrea leciona e coordena a pós-graduação, assistiu a montagem original de Pundonor, dirigida por seu também professor, Rafael Spregelburd.

Se apaixonou pelo texto, adquiriu os direitos e convidou Lu Grimaldi, amiga da família Bibancos, para incorporar Claudia Pérez Espinosa, papel interpretado pela própria autora na montagem portenha.

Claudia é uma professora universitária com doutorado em Sociologia que volta ao trabalho após meses de uma licença forçada. Tida como insana tanto por seus colegas quanto por seus alunos, ela retorna para uma última classe em que usará dos pensamentos de Michel Foucault, sua especialidade, para provar que a loucura talvez seja a mais sã das ideias.

“Um dos aspectos mais angustiantes pra um jovem profissional nessa carreira é a sensação de solidão. Eu fui estudar dramaturgia porque queria escrever meus próprios textos, criar bons personagens para os amigos, encontrar formas coletivas de sustentabilidade. Espero que esse projeto seja o primeiro de muitos!”, conta Bernardo.

O texto de Andrea Garrote questiona o paradoxo de nossa consciência atual, a luta contra a pulsão estática e o avanço da centralização do poder que nos sufoca, a reprodução constante dos mecanismos de poder, retomando a discussão sobre a pecha de louca imposta às mulheres para desqualificá-las na sociedade, tema recorrente no trabalho de Lu Grimaldi e já tratado no monólogo Palavra de Rainha – onde interpretou a Rainha Dona Maria I, “a louca”, a única mulher que assumiu o trono português.

“As minhas escolhas, os caminhos que me interessavam, nunca foram ortodoxos, estáveis, diretos. Essa ideia da ‘louca’ já me perseguiu muito. Hoje, eu considero quase um elogio!” comenta Lu, rindo.

Tendo como locação o espaço de uma universidade real, a UNISA, o espetáculo, que foi intitulado como “o melhor monólogo da década” pela imprensa argentina, estreia em 13 de agosto, permanecendo numa temporada de quatro meses no Campus de Santo Amaro (Rua Isabel Schmidt, 349) e servindo como base e tema de sala de aula para os diversos cursos ministrados pela UNISA.

Bernardo Bibancos é ator, roteirista e dramaturgo. Participou de diversos trabalhos na TV e no teatro, com destaque para as séries Vizinhos (GNT), Se Eu Fechar os Olhos Agora (Globo), Psi (HBO), Natureza Morta (CineBrasilTV), e Rio Connection, coprodução internacional da Globo com a Sony, dirigida por Mauro Lima. No teatro, integrou o elenco de Um Panorama Visto da Ponte, texto de Arthur Miller com direção de Zé Henrique de Paula e vencedor do APCA de Melhor Espetáculo de 2018.

Lu Grimaldi, uma das mais aclamadas atrizes brasileiras, estreou nos palcos aos 19 anos, em 1973, na peça Dzi Croquetas, e de lá para cá foram 14 peças de teatro, 17 telenovelas, com destaque para Terra Nostra, Sinhá Moça, Chamas da Vida e Babilônia, e 10 filmes. Seu mais recente monólogo foi Palavra de Rainha, onde interpretou Dona Maria, mesmo papel encarnado na novela Liberdade, Liberdade (Globo), em 2016.

Sinopse: Em Pundonor, Lu Grimaldi interpreta Claudia, uma professora universitária com doutorado em Sociologia que volta ao trabalho após meses de uma licença forçada. Tida como insana tanto por seus colegas quanto por seus alunos, ela retorna para uma última classe em que usará dos pensamentos de Michel Foucault, sua especialidade, para provar que a loucura talvez seja a mais sã das ideias. Direção: Bernardo Bibancos.

Pundonor

Atuação: Lu Grimaldi

Direção: Bernardo Bibancos

Assistente de direção: Camila Carneiro

Produção: UNISA

Cenário: Pedro Levorin

Figurino: Acervo Nelson

Iluminação: Caetano Vilella

Música original: Ricardo Severo

Visagismo: Marcos Padilha

Designer gráfico: André Louis

Fotos: Jennifer Glass

Assessoria de imprensa: Vicente Negrão Assessoria

Auditório UNISA

End.: Rua Isabel Schmidt, 349 – Santo Amaro

Estreia: 13 de agosto

Temporada: até 26 de novembro; Sextas, às 20h30, Sábados, às 16h

Duração: 60 min

Classificação indicativa: 10 anos

Sympla: https://www.sympla.com.br/evento/pundonor/1660107

Estacionamentos Indicados:

Rua Isabel Schmidt, 267 – Santo Amaro

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: