Pular para o conteúdo

“Zingo & Ringo” celebra quatro anos

Em 2015 Bassem Koussa aterrissou em São Paulo com apenas R$ 100,00. Traumatizado com os horrores da guerra na Síria, e sem conhecer ninguém na cidade, o arquiteto de 25 anos que atuou na ONU viu-se mergulhado em um país que até então só conhecia por meio de fotos e portais de notícias.  Sem parentes e amigos no Brasil, e ainda sem dominar a língua portuguesa, Koussa procurou refúgio na rua 25 de março, região central de São Paulo, onde foi acolhido pela comunidade árabe com emprego e moradia.

Em 2019, já instalado e trabalhando simultaneamente no comércio popular e em escolas de idiomas, Bassem fez sua primeira aposta na gastronomia paulistana em um pequeno imóvel na Vila Madalena. Munido de talento e de uma memória gastronômica refinada, batizou o espaço de Zingo & Ringo, e aos poucos foi ganhando popularidade devido ao seu trabalho artesanal e cuidadoso – “Durante os primeiros anos no Brasil não gastava o dinheiro que recebia como professor de língua árabe –Explica Koussa – Tive uma conta bancária que não acessava frequentemente e todo meu dinheiro ia para lá. Após quatro anos essa economia me proporcionou, com o auxílio de um sócio, abrir o restaurante”.   

 Após alguns meses de funcionamento, e com a pandemia do novocoronavírus, houve o rompimento entre Bassem e seu sócio, o que o levou a trabalhar sozinho atendendo apenas por delivery. Com a reabertura da economia em São Paulo, pós-pandemia, surgiu no final de 2021 a oportunidade de ampliar o restaurante em um novo endereço – Rua dos Pinheiros, 537 – um local muito mais espaçoso e aconchegante, e que proporcionou para a casa ainda mais público e experiência. 

Com boa parte da equipe formada por refugiados sírios, palestinos e marroquinos, o restaurante chega ao seu quarto ano em fevereiro com um “layout” moderno e uma decoração que remete ao país natal de Koussa – “O espaço anterior, na Vila Madalena era muito pequeno e não combinava muito com o perfil de local que sonhava para o restaurante – Conta ele –  E aqui fica há apenas 800 metros do endereço antigo, é bem mais espaçoso, tem um visual contemporâneo com muitos elementos industriais como concreto e metais, e objetos tradicionais da cultura síria como lustres de vidraçaria e cobre.

Totalmente dedicado a gastronomia árabe, o Zingo & Ringo traz no seu DNA o estilo tradicional e familiar de cozinhar – “A gastronomia nunca foi uma forma de sobrevivência para minha família” – Explica Bassem – “Mas sim um modo de confraternização, um momento sagrado. As receitas e toda a minha experiência vêm de minha mãe”.

Com um cardápio generoso, o Zingo & Ringo passeia por pratos tradicionais da gastronomia árabe como o Fattah, Kebab de Shawarma e Falafel, kibes, esfihas, pastas como homus, baba ghanoush, coalhada seca, Kafta, tabule entre outros, opções que inclusive, em grande parte, estão no rodízio da casa, um dos mais saborosos e sedutores de São Paulo.  Uma novidade de aniversário é o “quibe montado” um prato que lembra o já conhecido Steak Tartare (uma torre formada por 2 camadas de kibe cru, 2 camadas de coalhada seca, 1 camada de kafta e tabule, e cobertura de cebola caramelizada).

Vale lembrar que o Zingo & Ringo tem capacidade para 40 pessoas e é Pet Friendly, e em seus quatro anos de funcionamento tem se consolidado como um dos melhores restaurantes de gastronomia árabe da capital paulista.

Zingo & Ringo

Endereço: Rua dos Pinheiros, 537 – Pinheiros/SP

Capacidade: 40 pessoas

Atendimento: Terça a domingo das 11h30 às 23h

Reservas e delivery: linktr.ee/barzingoeringo ou pelo Whatsapp: 11 96436-2704

Possui acesso para deficientes

Pet Friendly

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: