Pular para o conteúdo

Johnny Hooker e Filipe Catto apresentam show inédito que marca abertura de exposição fotográfica na Casa Natura Musical

Johnny Hooker e Filipe Catto apresentam juntos o show Persona, criado exclusivamente para a abertura da exposição Entre Gêneros, do fotógrafo Diego Ciarlariello, no dia 31 de agosto, sábado, que fez as fotografias das capas dos discos Entre Cabelos, Olhos e Furacões, de Catto, e Coração, de Hooker. No repertório, músicas autorais de Catto e Hooker, como Lua Deserta e Você Ainda Pensa?, respectivamente, além de canções que acompanharam a formação musical e pessoal dos dois artistas, como Escândalo (de Caetano Veloso, famosa na voz de Ângela RoRo) e Explode Coração (composição de Gonzaguinha, sucesso na voz de Maria Bethânia).

 

A noite dá largada à mostra do fotógrafo Diego Ciarlariello, que ficará disponível para visitação até dia 11 de setembro. Entre Gêneros é composta por 14 retratos de artistas, cantores e ativistas dos direitos humanos que lidam nas suas vidas e carreiras com questões LGBTQI+. “São artistas que rompem o binarismo, que escolheram não se submeter ao padrão heteronormativo, criando assim o sentimento de ruptura com a opressão que quase sempre suscita a imposição da clandestinidade de suas verdades e identidades”, justifica o fotógrafo.

 

Entre os retratados, estão Pabllo Vittar, Linn da Quebrada, Ney Matogrosso, as cantoras Assucena Assucena e Raquel Virgínia, da banda As Bahias e a Cozinha Mineira, Mel Gonçalves (ex-integrante da Banda Uó), Rico Dalasam e Laerte. A exposição foi idealizada em 2016 e circulou apenas Rio de Janeiro – essa é a primeira vez que será exposta em São Paulo. Uma novidade em relação às temporadas anteriores é que nesta haverá um retrato inédito do Filipe Catto.

 

O fotógrafo conta que a relação com Filipe Catto já tem mais de dez anos. “Me conectei muito com o EP Saga, que ele lançou em 2009, e começamos a conversar pelo MySpace”, relembra. A amizade com Hooker é mais recente. “Eles estiveram comigo em momentos delicados da minha vida pessoal e da minha carreira, então o show reforça esse importante vínculo”.

 

“Persona é uma celebração especial à nossa música e à nossa existência nesse momento obscuro do Brasil”, diz Johnny Hooker. “É uma grande ida ao divã; como chegamos a esse ponto e pra onde vamos daqui? Mas principalmente um sonho sobre de um futuro de liberdade e igualdade para todos”, completa.

 

“É um presente, pra gente e pro público. As pessoas sempre pediram este encontro, e fazer ele acontecer junto da exposição da Diego deixa tudo ainda mais especial”, comenta Filipe Catto. “É emocionante cantar com minha irmã essas canções que nos protegeram durante nossa vida sendo queer em um mundo violento”.

Johnny Hooker e Filipe Catto – Persona

Dia 31 de agosto – Sábado, 22h. Abertura da casa às 20h30

Ingressos: Pista Lote 1 – R$ 70 (inteira) e R$ 35 (meia). Pista Lote 2 – R$ 80 (inteira) e R$ 40 (meia). Pista Lote 3 – R$ 90 (inteira) e R$ 45 (meia). Pista Lote 4 – R$ 100 (inteira) e R$ 50 (meia). Bistrô – R$ 120 (inteira) e R$ 60 (meia). Camarote – R$ 150 (inteira) e R$ 75 (meia).

Classificação: 16 anos

Duração: 90 minutos.

Capacidade: 710 lugares.

 

Exposição Entre Gêneros

Abertura: 31 de agosto – Sábado. Disponível para visitação até dia 11 de setembro, quarta-feira, durante o horário de funcionamento da Casa.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: