Pular para o conteúdo

Confira a Programação Musical do Bar do Alemão

Inaugurado há 51 anos, o Bar do Alemão, casa de propriedade do violonista e compositor Eduardo Gudin, encerrará suas atividades no dia 15 de novembro. A casa sempre se destacou como um espaço de reverência e resistência para o samba tradicional e para a boa música brasileira, em diálogo com sonoridades contemporâneas. Chopp geladíssimo, bons pratos e música do Brasil combinam com cultura, lazer e prazer em São Paulo, na Avenida Antártica, 554, na zona oeste da capital.

 

Próximas apresentações

05/11 – Terça, às 20h30

Show: René Ferrer

Couvert artístico: R$ 15,00.

 

Com o show Vem pra Cuba, René Ferrer apresenta uma noite caribenha no Bar do Alemão, acompanhado pelo pianista Ricardo Castellanos. O cubano René Ferrer, nascido em Havana, é cantor, compositor e muilti instrumentista. Ganhador de prêmios em Cuba, seu trabalho é também reconhecido no universo musical Carioca. René lançou seu primeiro álbum, El Loco Soy Yo, com produção de Plínio Profeta, pelo selo Sambatá e distribuição da Trama. O segundo, Obatalá No Quiere Guerra (2006), teve a canção Como A Cada Mañana na compilação Café Cubano da gravadora americana Putumayo. René participou também da compilação Soy Rapero, de Guga Stroeter, produzida por Kassim. Compôs trilha para a série Ética, do Canal Futura, os longas O Passageiro, de Flávio Tambellini, Boa Noite Cinderela, de Magali Magistry, e Construção, de Carolina Sá, e o curta-metragem Alô Tocayo, de Renato Martins. No Rio de Janeiro, onde reside desde 2003, vem se apresentado espaços como Centro Cultural Banco do Brasil, Vivo Open Air, Bar do Tom, Oi Futuro, Bar Semente, Clube dos Democráticos, Teatro Odisseia e outros, além de unidades do Sesc São Paulo, Virada Cultural de SP, CCBB Brasilia, Oi Futuro (BH), Paraty Latino e Encontro das Áfricas (evento da ONU). Participou como percusionista no show de Donatinho e Fernanda Abreu, na Sala Bardem Powell. Rene Ferrer também foi ator na segunda temporada da série Sobre Pressão e Procurando Casseta & Planeta.

 

06/11 – Quarta, às 21h

Show: Esperando o Trem

Projeto #OcupAlemão

Ingressos: R$ 15,00

 

O grupo Esperando Trem desembarca mais uma vez no Bar do Alemão. Samba, choro, resistência e companheirismo é a definição da experiência musical do grupo, cujo repertório revive nomes da nossa música (como Fátima Guedes, Paulo César Pinheiro, Eduardo Gudin e Pixinguinha), apresenta compositores contemporâneos (comoe Douglas Germano, Manú da Cuíca e Toinho Melodia) e mostra músicas autorais (entre elas “Lá Vai Meu Canto”, “Praça da República” e “Samba de Lado”). Esperando o Trem é composto por músicos que tem a arte como forma de resistência. Tal qual o “trem” sonhado por “Pedro Pedreiro”, ou embarcado no “Trem das Onze”, o grupo vai passeando pela rotina de quem trabalha em São Paulo. O grupo nasceu em 2017, durante encontros após o trabalho, quando cada um treinava um instrumento e todos buscavam pelas grandes composições. Sublimando as dores, lutas e amores do cotidiano daqueles que precisam cruzar a cidade (ou cidades) para garantir seu sustento, o “trem” surge como o elemento que une os integrantes e também une o grupo ao conjunto daqueles que trabalham. Integrantes: Elizabete Nascimento (voz); Leandro Freitas (melodias); Edileuza Almeida, Jéssica Tomaz e Tiganá Macedo (percussões); Ana Claudia César (Cavaco); e Daniel Lage (violão 7 cordas).

 

07/11 – Quinta, às 21h

Show: Tributo a Paulo Vanzolini

Com: Roberto Seresteiro e Ana Bernardo

 

Um dos grandes nomes da história do samba, também zoólogo, Paulo Vanzolini (1924-2013) criou canções que mostram histórias de amor, desilusões e cenas cotidianas em São Paulo. “Ronda” e “Praça Clóvis” são alguns exemplos, além de “Volta por Cima”, que foi gravada por Noite Ilustrada (1928-2003) e fez tanto sucesso que virou expressão popular na língua portuguesa. Nesse tributo, a cantora Ana Bernardo, viúva do compositor, e Roberto Seresteiro, cantor e pesquisador da história da música brasileira, revivem canções inesquecíveis de Vanzolini.

 

Serviço

 

Bar do Alemão

Av. Antártica, 554 – Água Branca, São Paulo/SP.

Tel: (11) 3862-5975 – após 17h30. Abertura da casa: 18h. Capacidade: 46 lugares.

Estacionamento conveniado: R$ 8,00 (preço único c/ carimbo do bar) – Av. Antártica, 519.

Acesse a programação: https://www.facebook.com/obardoalemao / @obardoalemao

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: