Pular para o conteúdo

Eu Já Estive Em “Finanças para Autônomos”, de Eduardo Amuri

Entre os muitos títulos que fucei na lista da Amazon de ebooks gratuitos para essa época de pandemia e quarentena, me deparei com “Finanças para Autônomos”, de Eduardo Amuri. Como está na lista das metas para 2020 aprender mais sobre finanças, bora lá!

Eduardo Amuri, o autor, presta consultoria a famílias, pequenas empresas e profissionais que buscam entender mais sobre suas finanças e escreveu também “Dinheiro sem Medo”, também publicado pela editora Benvirá.

No livro ele ensina os profissionais a colocarem na planilha sua vida financeira, separar profissional da pessoal e ainda a investir para ter um futuro mais promissor, mas cada coisa no seu tempo, explicando termos técnicos e dando sugestões e ideias de como seguir se basendo em cases de sucesso do seu próprio trabalho.

Se você também está pensando em como colocar a vida financeira em ordem, ainda mais nesses meses que tudo saiu um pouco do controle por conta do distanciamento social, é uma boa sugestão de leitura.

Vamos a algumas frases do livro:

  • Preço, custo, lucro e margem são pontos muito importantes, e todos são drasticamente afetados quando colocamos na jogada a gestão de um recurso primoroso e finito: o tempo;
  • Na próxima compra que for realizar, experimente sacar e pagar em dinheiro. É bem provável que você sofra um bocado tirando cada uma das notas da carteira, agonia que não surge quando pagamos com cartão de crédito;
  • Recomendo que você sempre se preocupe em ter pelo menos três meses de previsibilidade, buscando estar ciente, no mínimo, dos números dos próximos três meses;
  • Se você quer construir uma reserva de emergência, adicione-a como um gasto fixo em seus quadrantes e avalie o impacto que esse novo gasto terá no seu trimestre;
  • Quanto mais complexo for alimentar e atualizar o método de controle que você utiliza, maiores as chances de deixá-lo para trás;
  • Gostando de se promover ou não, não há muita escolha: ou você coloca a cara na rua (ou na internet) ou será bastante complicado contar com um fluxo de faturamento mais constante;
  • A maneira mais inteligente de se fincar no mercado é entregando um serviço excelente, muito acima da média e muito acima de qualquer expectativa;
  • Em mercados competitivos, entregar um serviço mediano é um tiro no pé;
  • Aqueles que começam a pensar na aposentadoria ainda relativamente jovens desfrutam de um imenso benefício de poder caminhar devagar;
  • Para a reserva de emergência, não há muito o que inventar: precisamos de algo com altíssima liquidez. E, para casos assim, o Tesouro Direto Selic e os fundos de renda fixa costumam ser boas pedidas;
  • Procure planos sem taxas de carregamento e saída, cuja taxa de administração seja a mais baixa possível. Raramente planos com taxa de administração acima de 1,5% valem a pena;
  • Preocupe-se em entender os conceitos-chave: o CDI, a rentabilidade, a liquidez, o risco, as taxas. Com a base assimilada, você certamente terá condições de efetuar melhores escolhas;
  • É muito importante que o autônomo esteja disposto a fazer testes. É só depois de testar muito que você vai entender o que o mercado está achando daquilo que você está oferecendo.

Janaína Leme

10/04/2020

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: