Pular para o conteúdo

Eu Já Estive Em “Resiliência”, coleção Inteligência Emocional da Harvard Business Review

Adoro livros que me permitem fazer muitas anotações! Fazer muitas anotações que digo é poder encher de post it para reler depois e compartilhar com as pessoas, porque, na minha opinião, quem escreve em livros está estragando uma obra de arte.

Voltando ao post, finalizei “Resiliência”, um dos exemplares da Coleção Inteligência Emocional da Harvard Business Review, publicado pela editora Sextante. É um livro rápido de ler, mas que vale ser lido mais de uma vez, porque apesar de resiliência ser a palavra da moda, ela já faz parte da nossa vida há tempos e é muito mais do que persistir, mas saber como fazer isso, saber lidar com as adversidades, trabalhar muito, mas também saber a hora de parar, porque ser resiliente também tem a ver com saber quando precisa descansar para voltar ainda mais forte.

São capítulos curtos, recheados de artigos escritos por grandes nomes mundiais que dominam o assunto, e como de costume, separei alguns poucos trechos para que entendam mais sobre o que a obra tem a oferecer.

  • Resiliência é algo que descobrimos que temos depois de passar por alguma experiência.
  • Pessoas resilientes possuem três características: uma aceitação ferrenha da realidade; uma crença profunda, com frequência baseada em valores enraizados, de que a vida tem sentido; e uma capacidade excepcional de improvisar.
  • Pessoas resilientes têm uma visão bastante sóbria e sensata em relação às partes da realidade que importam para a sobrevivência;
  • Quando encaramos a realidade, podemos nos preparar para agir, nos tornamos capazes de enfrentar e sobreviver a adversidades extremas.
  • Um dos tijolos para construir a resiliência é a capacidade de se virar com o que está disponível.
  • Existem muitas evidências de que quando as pessoas são colocadas  sob pressão, regridem aos modos mais habituais de reação que conhecem.
  • Pessoas resilientes não costumam se descrever assim, elas minimizam suas histórias de sobrevivência e com frequência dizem que se tratou de sorte.
  • A Resiliência é um reflexo, um modo de encarar e compreender o mundo profundamente enraizado na mente e na alma do indivíduo.
  • Criar uma moeda da positividade é capaz  de diminuir a ansiedade, reduzir sintomas de doenças, melhorar a qualidade do seu sono e, claro, leva a uma maior resiliência pessoal.
  • A nossa resiliência aumenta quando incentivamos mais pessoas a pensarem positivamente.
  • As pessoas têm de parar de tratar o feedback somente como algo que tem de ser imposto, e em vez disso devem melhorar sua aptidão para atraí-lo.
  • Trabalhe para ouvir um feedback como um conselho potencialmente valioso e não como uma denúncia  referente à maneira como você atuou no passado.
  • Em toda cultura, a capacidade de superar adversidades na vida é uma característica essencial para se tornar um grande líder.
  • Resiliência tem a ver com o modo como você se recarrega, não com o modo como você se mantém.
  • A chave para a resiliência é trabalhar duro de verdade, depois parar, se recuperar e tentar novamente.
  • Interromper o trabalho não é a mesma coisa que se recuperar.

Janaína Leme

@eujaestiveem

29/06/2020

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: