Pular para o conteúdo

Brota estimula a conscientização do consumo ao aderir a Green Friday

A Black Friday é, sem dúvida, uma das datas de maior importância do varejo brasileiro e mundial. O dia 27 de novembro se torna ainda mais relevante pela oportunidade de recuperar parte do prejuízo financeiro ocorrido em função da pandemia do novo Coronavírus em 2020. Contudo, é preciso também pensar nos efeitos que o consumo desenfreado causam. Pensando em propor uma real reflexão e em ser mais um vetor de mudança no comportamento da sociedade, a startup Brota – https://www.brotacompany.com.br – adere ao movimento Green Friday, que sugere o consumo verdadeiramente consciente da população. 

A startup criou a seguinte mecânica: o volume em quilos vendido na semana do dia 27 será multiplicado por 10. Cada Brota pesa 650 gramas. O procedimento é feito em conjunto com a Minha Coleta, empresa já parceira da startup que regularmente realiza o mesmo trabalho reciclando o proporcional de materiais utilizados na fabricação das hortas inteligentes. 

“Abraçamos a causa da Green Friday pois, além dela ter tudo a ver com o nosso propósito. Nós já reciclamos 100% dos nossos resíduos. O que estamos fazendo é exponenciando essa prática para chamar a atenção das pessoas para uma causa urgente a todos nós, o que fazemos com o nosso lixo”, comenta Rodrigo Farina, CEO da Brota Company. 

Para se ter uma ideia, segundo dados do Ministério do Meio Ambiente, já se consome 30% a mais da capacidade de renovação da Terra. A conclusão é tão dura quanto simples: se continuarmos a produzir e consumir da mesma forma, em 50 anos serão necessários dois Planetas Terra para suprir as necessidades básicas dos seres vivos como energia, alimento e água. 

Produzida 100% a partir de materiais reciclados, a Brota se posiciona como uma porta de entrada para uma redescoberta das pessoas em cultivarem seu próprio alimento em casa mesmo em um apartamento e sem conhecer nada de botânica. Sem necessidade de eletricidade, a horta une a água à raiz da planta por o auxílio de um algodão especial. Dessa maneira, a própria semente é estimulada naturalmente, assim como se estivesse em um ambiente não controlado, a puxar o quanto precisa de água para crescer. 

Cada Brota contém seis espaços para encaixe de cápsulas e cultivo de um tipo de tempero ou vegetal cada. Todas elas possuem os nutrientes necessários para se desenvolverem e o melhor, sem qualquer uso de agrotóxicos. Hoje é possível escolher entre 12 opções: camomila, hortelã, salsa, manjericão, coentro, alface, rúcula, pimenta calabresa, alecrim, cebolinha, orégano, tomilho e tomate-cereja. 

“É notório em momentos delicados da economia que haja uma relativização quanto a sociedade às questões ambientais. Por outro lado está também acontecendo um despertar para o tema. Precisamos parar de olhar só para o presente e nos darmos a oportunidade de construirmos o futuro”, conclui Farina. 

Após 4 meses de operação, tendo ultrapassado 400% da meta da campanha de crowdfunding que proporcionou o início oficial das operações, a startup já vendeu mais de 8 mil unidades da horta em todo o país. A ideia dos fundadores cariocas Rodrigo Farina, Bruno Arouca e Juan Correa é aproximar as pessoas do alimento desde o plantio até o consumo, sendo esse um produto natural, sem conservantes e impacto na natureza. Além é claro de tornar o ato de preparar a refeição uma experiência única. 

Para mais informações basta acessar o site: https://brotacompany.com.br/ e as páginas do da marca no Instagram: https://www.instagram.com/brotacompany/ e Facebook: https://www.facebook.com/brotacompany/ . 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: