Pular para o conteúdo

Eu Já Estive Em “Rumo”, filme de Flavio Frederico e Mariana Pamblona

Na década de 80 o grupo RUMO rapidamente se diferenciou por um tipo de composição original, que utilizava entoações da fala cotidiana para a criação de melodias. O documentário Rumo exibe shows raros, músicas e imagens inéditas, entrevistas e diversos registros dos integrantes do grupo; assim como de outros grupos e personalidades da época, como Premê, Língua de Trapo, Itamar Assunção e Isca de Polícia, Arrigo Barnabé, etc… Estes artistas deram início a uma fase de efervescência musical em São Paulo, completamente independente das grandes gravadoras; e formaram o que foi chamado de movimento da “Vanguarda Paulista”. O filme resgata e se aprofunda na história, no significado e na importância das inovações propostas pelo grupo paulistano, que escreveu um fascinante capítulo da história musical brasileira.

De uma maneira inovadora – misturando desenho animado, composições gráficas, depoimentos atuais e antigos, material de arquivo de shows, fotos, matérias de jornal, televisão e rádio – o documentário resgata a história de um dos grupos musicais mais marcantes e criativos dos anos 80, O RUMO. O filme expõe toda a diversidade de imagens de arquivo das principais e mais conhecidas canções do grupo, assim como trechos de antigas entrevistas, clipes e bastidores, de forma bem humorada e buscando alcançar um tom de leveza e humor, sem que se abra mão do compromisso histórico e de conteúdo de um bom documentário. O filme envereda-se neste efervescente panorama cultural dos anos 80 em São Paulo, traçando um quadro mais amplo do período e discutindo o seus significados através de diferentes pontos de vista e de uma linguagem singular.

Tivemos a oportunidade de assitir ao documentário em primeira mão e conhecer mais sobre esse grupo. Nós por aqui não conhecíamos o trabalho tão incrível feito por todos eles. No longa, o que nos chamou a atenção também foi o uso das ilustrações. Ao començar o documentário, os depoimentos surgem em desenhos preto e branco, eles vão ganhando cores ao longo do filme e no final ganham vida. Foi fantástica essa ideia.

RUMO

Gênero: Documentário de longa metragem

Duração: 77 min.

Ano de Finalização: 2019

País de Produção: Brasil

Classificação indicativa: livre

Cor: Colorido                          

Formato de Exibição: Digital (DCP) NTSC

Janela de exibição: 16:9 (1,79)

Som: Dolby Digital 5.1

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: