Pular para o conteúdo

Oficina ministrada por Camila Assad aborda a poesia e seus espaços afetivos

A possibilidade que os espaços afetivos e a poesia podem oferecer é o mote da oficina “Cartografias afetivas: a casa e a poesia”, realizada pela poeta paulista Camila Assad. O evento, que integra o programa de oficinas do portal Fazia Poesia, será dividido em quatro encontros, realizados nos dias 20, 23, 27 e 30 de outubro, de maneira síncrona (ao vivo), pela plataforma Zoom. As inscrições podem ser feitas via Sympla (bit.ly/casaepoesia). A turma conta com limite de 35 vagas.

Com a proposta de fomentar a criação poética através da discussão e percepção do espaço que nos envolve em quatro diferentes esferas — casa, rua, bairro e cidade —, Camila Assad irá apresentar, durante os encontros, referências teóricas que tangenciam a literatura, a arquitetura, o urbanismo e a fotografia, mesclando com exercícios práticos que envolvem a escrita poética e promovem trocas simultâneas entre os participantes. No último dia, haverá o sorteio de um exemplar do seu livro “Desterro”, já esgotado. A obra, que aborda as cidades e os corpos femininos, é premiada pelo ProAC/SP na categoria Criação Literária — Poesia, e conta com capa e ilustrações da artista Anna Brandão e posfácio de Paulo Ferraz.

Os resultados dos exercícios da oficina serão publicados em um artigo de exposição no portal Fazia Poesia, um portal independente de poesia contemporânea que reúne conteúdo e poetas para milhares de leitores. “Acreditamos que esta oficina pode ser uma forma de ensinar e estimular qualquer pessoa entusiasta a praticar, escrever e renovar o olhar crítico para o mundo, ampliando o conhecimento de poesia, sobretudo a contemporânea, gerando segurança para criar e desenvolver os próprios poemas”, aponta Alex Zani, editor-chefe da Fazia Poesia.

O programa de oficinas do portal Fazia Poesia nasceu com o objetivo de incentivar a criação e a produção poética de maneira colaborativa, especialmente, através das diversas possibilidades e tensionamentos que a poesia atinge. Mais de 150 pessoas participaram de experiências poéticas até agosto deste ano. “Em 2022, pretendemos dobrar o número de oficinas, realizando duas a cada bimestre”, conta Zani.

Sobre a ministrante

Camila Assad nasceu em Presidente Prudente (SP), em 1988. É poeta, escritora e tradutora literária. Realizou aprimoramento em Writing Fiction pela Universidade da Califórnia — Berkeley. É autora dos livros “Cumulonimbus” (Quintal Edições), “Eu não consigo parar de morrer” (Editora Urutau) e “Desterro” (Edições Macondo), obra contemplada pelo ProAC/SP na categoria criação literária. 

Tem seus textos circulando em onze países e está presente em mais de uma dezena de antologias de poesia contemporânea. Atualmente mora em São Paulo, onde pesquisa as relações entre a poesia e o meio urbano. Em 2021, passou a integrar a equipe de ministrantes do programa de oficinas do portal Fazia Poesia.

AGENDA

O quê:“Cartografias afetivas: a casa e a poesia”, com Camila Assad, no programa de oficinas do portal Fazia Poesia

Quando: 20, 23, 27 e 30 de outubro

Inscrições: via Sympla

Mais informações: bit.ly/casaepoesia e faziapoesia.com.br 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: