Pular para o conteúdo

Eu Já Estive Em “Stowe”, de Giovanna Vaccaro

Suspense, assassinatos, muita chuva, muitos personagens, assuntos corriqueiros e a querida Monte Verde, em Minas Gerais, tudo isso você vai encontrar em Stowe, escrito por Giovanna Vaccaro e publicado pela Editora Coerência.

Além do texto impecável, Stowe foi um dos livros mais bem diagramados e editados lidos em 2021. A autora e e a editora, trabalharam uma capa magnífica, mapas e imagens na segunda e terceira capas, além de uma série de QR Codes que levam o leitor até o cenário onde a obra está se passando – várias partes de famosa Monte Verde, na Serra da Mantiqueira, em Minas Gerais.

A história começa com Theo e sua irmã Bárbara voltando para Monte Verde depois das compras para a pousada da família, quando sofrem um acidente de carro. Quando volta-se do acidente na história, aí a confusão começa. Enquanto essa passagem acontece, aos poucos, parte dos personagens vão sendo apresentados, já que trata-se de uma cidade pequena onde todo mundo se conhece. Festa na casa do Theo, melhor amigo Léo, que é afim de Clara, filha do delgado, tia jornalista, e assim sucessivamente. São muitos os personagens: Hugo, Vinícius, Lucas, Bianca, Mariana, Ana, Stefany, Alice, Gustavo, Mateus, Camila, Lorenzo, Otávio, Eloise e outros vão surgindo ao longo da história. 

A quantidade de personagens, inclusive, foi a parte mais complexa para mim. Todos tem um porque na história, mas para fazer a ligação entre todos e não esquecerem quem eram (os menos relevantes), precisei de algumas anotações. 

O livro tem uma pitada de física também. Um dos exemplos é a explicação sobre Singularidade Gravitacional: é um tempo que usamos quando não entendemos e não podemos entender algo dentro da Física, então usamos o imaginário para cessar nossas dúvidas. Buracos Negros sugam tudo o que tem pela frente, mas não sabemos o que acontece depois, esse evento é uma Singularidade Gravitacional. Em outro momento, Theo, o personagem que fala mais sobre Física também explica que antinomia é uma contradição e fala também sobre superposição, que é a incerteza, um reflexo de como a realidade parecia se comportar. 

Sobre o título, Stowe, ele tem um significado na trama. Em um primeiro momento é apenas um amontoado de letras relacionado às vítimas. Em outro momento, pode ser Madaleine Stowe, do seriado Revenge. Enfim, como tudo na história tem um significado, será preciso ler até o fim para desvendar esse mistério também. Vale destacar que além de todo os suspense, assuntos como homossexualismo e bulimia surgem na trama de forma discreta e contextual.

Sinopse: a pequena e chuvosa cidade de Monte Verde fica de cabeça para baixo quando é atingida por misteriosas mortes. Ninguém conhece as vítimas, e parece que o assassino sempre está um passo à frente, deixando terríveis marcas de sangue nos que ficaram para trás. Um grupo de adolescentes se une para investigar o que significam aquelas mortes e o motivo de ninguém se lembrar das vítimas. Eles se tornam amantes, inimigos, suspeitos, alvos e vítimas de um assassino que está à procura de sangue e que, talvez, não queira apenas matar.

Giovanna Vaccaro nasceu em 2000 e mora em São Paulo com sua família, onde cursa Jornalismo. Apresentou o Clube do Livro na TV Capricho ao vivo em 2016 e participou da Galera CH. Publicou “Procura-se”, seu romance de estreia, aos catorze anos, e “E Se…” um ano depois, além de ter participado de diversas antologias. Responsável pelas áreas de produção gráfica e mídias sociais na Editora Coerência, é claramente de humanas – apesar de certa tendências para exatas. Leonina e viciada em séries da Netflix, cria playlists aleatórias no Spotify. Atualmente, tem se dedicado a escrever suspenses com pitadas de física para adolescentes.

Alguns trechos de destaque do livro:

“O tempo ocorre de determinada maneira para quem vive algo, e passa de uma forma diferente para quem simplesmente assiste”.

“Não tem como descobrir se estamos ou não no caminho certo, porque ainda não sabemos o tempo que levaremos para concluí-lo nem o espaço em que vamos parar”.

“Lembrar dói. Mas, esquecer também”.

“Pior que amar e não ser correspondido é amar e ser esquecido”.

Dividido em parte 1 e parte 2 e nos capítulos Singularidade, Frequência, Velocidade, Superposição, Exclusão, Buraco de Minhoca, Gravidade, Antimatéria e Tudo, Stowe tem 385 páginas e está à venda no site da Editora Coerência (http://editoracoerencia.com.br/livros/stowe/) e em grandes varejistas.

Janaína Leme

@eujaestiveem

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: