Pular para o conteúdo

“Um dia você vai saber meu nome”: Escritora Malu Leite lança seu primeiro livro

Ler e escrever são, em teoria atos solitários. Apesar de os fazermos de forma isolada, a literatura consiste de trocas, compartilhar histórias e vivências. É com essa proposta que a escritora Malu Leite lança seu primeiro livro, “Um dia você vai saber meu nome”, pela editora Lacre. O livro une contos e poemas que retratam diversas experiências da vida da autora, envolvendo questões que vão desde ansiedade até desilusões amorosas.

– Decidi trazer esses relatos que podem ser acolhidos por pessoas que enfrentam situações semelhantes. Um livro tem um poder muito forte, e eu espero que as minhas palavras tragam essa energia para quem ler – ressalta.

A ideia de “Um dia você vai saber meu nome” é resultado de uma necessidade de expressão. Os textos que compõem o livro foram escritos, em sua maioria, durante a pandemia, de forma isolada. Transformá-los em um encadernado foi a alternativa encontrada pela autora para expressar sua voz.

– É através da escrita que eu me entendo, me organizo e me permito sentir e refletir sobre o mundo. Acho que ser escritora é ter coragem de se expor – conta.

SINOPSE: Em seu primeiro livro, Malu Leite fala sobre temas difíceis, porém caros aos tempos modernos em que vivemos, como: depressão, ansiedade e coragem. O livro é um espaço que ecoa medo e sonhos.

Malu tem influência em nomes como Gabriel Garcia Marquez, Drummond e Clarice Lispector. Em seu livro ela mistura contos e poemas no realismo fantástico, seu gênero favorito.

– Sempre gostei da sonoridade e da cadência dos poemas, eles são espaços de escrita onde podemos encontrar liberdade para criar, como melhor convier – acrescenta.

E a ligação com a literatura transcende os livros. Em sua página oficial @venus.em.livros, a autora auxilia o fortalecimento da rede independente de livros, divulgando livrarias e sebos, e mantendo viva essa cultura.

– Era muito triste abrir o jornal e me deparar com o fechamento de alguma livraria, então decidi ir pra rua e divulgar isso pras pessoas pelas redes sociais, que tem um alcance maior. É importante que a gente valorize a cultura e o mercado independente – detalha.

Valorizar a literatura está presente desde sua infância quando, antes mesmo de aprender a ler, já brincava com livros. Aos 11 anos chegou a escrever “O Camundongo Rei”, sua primeira obra, mostrando desde cedo a veia literária. 

– É importante fortalecer a literatura desde cedo. É triste e assustador lançar um livro no cenário atual, onde a cultura é tão atacada. Mas mesmo com essas dificuldades, não consigo me imaginar trilhando outro caminho. A arte é parte de mim, afinal, não existe vida sem arte – finaliza.

O livro “Um dia você vai saber meu nome” está à venda no site da editora Lacre pelo https://editoralacre.com.br/produto/um-dia-voce-vai-saber-meu-nome/

Título: Um dia você vai saber meu nome

Autora: Malu Leite

Páginas: 120

Formato: A5

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: