Pular para o conteúdo

Com direção de Lázaro Ramos e Tatiana Tibúrcio, Teatro Unimed apresentaO Método Grönholm

Até onde você iria por uma vaga de emprego? É essa provocação cheia de ironia que os diretores Lázaro Ramos e Tatiana Tibúrcio fazem ao público, com a comédia O Método Grönholm, que pode ser vista no Teatro Unimed, em São Paulo, a partir da sexta-feira, 24 de junho de 2022. No elenco, Luis Lobianco, Raphael Logam, George Sauma e Anna Sophia Folch vivem a irresistível história de quatro executivos, desempregados ou em fase de transição de carreira, os últimos selecionados que se reúnem em uma sala fechada de uma multinacional para conseguir o emprego dos sonhos. O que eles não imaginavam é que, nesta prova final do processo de seleção, seriam submetidos a algumas situações surpreendentes, outras constrangedoras, sempre recheadas de revelações, falta de escrúpulos, crueldade, sarcasmo e humor ácido, em um clima de crescente tensão.

Este é o mote da aclamada obra escrita em 2003 pelo catalão Jordi Galcerán, que, de forma muito inteligente e divertida, conta as dificuldades que muita gente enfrenta na busca por uma boa vaga de trabalho e tudo aquilo que as pessoas fazem para conseguir seus objetivos. A comédia é um sucesso ao redor do mundo há 20 anos, tendo originado o filme espanhol El Método, dirigido por Marcelo Piñeyro, em 2005, e lançado no Brasil com o título O que você Faria?. “O texto do Jordi Galcerán fala sobre métodos pouco ortodoxos para selecionar um profissional para uma empresa, fazendo deliciosas provocações sobre os comportamentos reais das pessoas em momentos como este, em que um processo de seleção vira um combate. Assim que o grupo se reúne para a avaliação, aparece a informação de que um deles é um funcionário infiltrado na empresa”, adianta o diretor Lázaro Ramos, que, em 2007, encarnou um dos candidatos da primeira versão brasileira de O Método, ao lado Taís Araújo, Ângelo Paes Leme e Edmilson Barros.

O fictício Método Grönholm, imaginado por Galcerán, consiste em um rígido processo de seleção do perfil mais adequado a uma vaga de emprego, fazendo com que os próprios candidatos que foram selecionados para a última fase eliminem quem eles mesmos julgam como menos aptos à função. Confinados por vontade própria em um ambiente controlado, os candidatos devem obedecer a instruções e encarar desafios, idealizados de modo a que surjam conflitos e desconfianças entre o grupo, ao mesmo tempo em que segredos sejam revelados.

Com mais de 30 espetáculos como ator, Lázaro Ramos reitera com O Método sua paixão também pela direção: no teatro já assinou as peças “Antes do Ano Que Vem” (estrelada por Mariana Xavier e encenada este ano no palco do Teatro Unimed), “Namíbia, Não”, “Campos de Batalha”, “O Jornal” e “O Topo Da Montanha”. No cinema, Lázaro dirigiu seu primeiro longa-mentragem de ficção “Medida Provisória”, ainda em cartaz nos cinemas, e, ao lado de Thiago Gomes, o documentário “Bando, um filme de”, sobre o Bando de Teatro Olodum. Na codireção do espetáculo, está a atriz, preparadora de elenco e diretora Tatiana Tibúrcio que tem no currículo três novelas na Rede Globo, cinco peças, uma indicação ao Prêmio Shell de melhor atriz, além de trabalhos como pesquisadora e diretora de tv, teatro e cinema.

“Para nós, da Unimed Nacional, é uma enorme felicidade ter a oportunidade de levar ao público uma peça de sucesso mundial e com direção do Lázaro Ramos, que hoje, sem dúvida nenhuma, é um dos principais artistas brasileiros. Temos a certeza de que será uma temporada de sucesso. Convidamos o público a vir ao Teatro Unimed, pois a arte alimenta alma e também promove a saúde”, afirma Luiz Paulo Tostes Coimbra, presidente da Unimed Nacional.

“O Teatro Unimed faz questão de receber bem e de braços abertos o público paulistano e a todos que visitam a cidade de São Paulo. Exatamente como faz o Edifício Santos-Augusta, com o Perseu Coffee House e o Casimiro Ristorante, que muita gente tem apontado como seus pontos de encontro preferidos na cidade. E para nós é uma alegria imensa somar a isto tudo um espetáculo de alta qualidade e feito com tanto carinho, como O Método”, declara Fernando Tchalian, CEO da desenvolvedora Reud, controladora do Teatro Unimed.

Sobre o elenco

Anna Sophia tem 12 anos de carreira e coleciona trabalhos importantes. No cinema, protagonizou ao lado de José Wilker o filme “O maior amor do mundo”, de Carlos Diegues. Na TV, integrou o elenco das novelas globais “Ciranda de Pedra” e “Lado a Lado” e protagonizou, ao lado de Fernanda Young, a série “Surtadas na Yoga”, no GNT. Anna ficou em cartaz por mais de cinco anos com a peça “A Confissão”, com direção de Walter Lima Junior. Seu último trabalho no teatro foi ao lado de Vera Fischer e Tato Gabus Mendes na peça do inglês Allan Ayckbourn.

George Sauma é músico, ator e sapateador, tendo começar a tocar piano e fazer sapateado aos 4 anos. Entrou para O Tablado em 2003 e, a partir de então, atuou em inúmeras peças, longa-metragens e em programas de TV. No teatro, ganhou o prêmio APTR de “Melhor Ator Coadjuvante” com a peça “A Importância de Ser Perfeito”; e os prêmios CBTIJ e Zilka Salaberry de “Melhor Ator” com a peça “Pedro Malazarte e a Arara Gigante”, de Jorge Furtado, dirigida por Débora Lamm. No cinema, destaca-se sua atuação no filme “Tim Maia” (2014), de Mauro Lima, e “Rasga Coração” (2018), de Jorge Futado. Na televisão, ficou conhecido por seu personagem Tatalo em “Toma Lá, Dá Cá”, seguido por papeis em “Lado a Lado”, “Mister Brau”, “Zorra” e “Pais de Primeira”, de Antonio Prata, ao lado de Renata Gaspar.

Luis Lobianco é ator e nasceu no Rio de Janeiro em 13 de janeiro de 1982. Começou o trabalho no teatro em 1994, na Cia Histoiarte. Formou-se profissionalmente na Casa das Artes de Laranjeiras (CAL), em 2003. Criador da Cia Buraco Show desde 2012, com seis espetáculos de repertório – Prêmio Arco-Íris Artes Cênicas em 2014 e Prêmio do Humor Especial de Criação em 2016 pelo show Rival Rebolado. É também ator da primeira formação do coletivo Porta dos Fundos de 2012 a 2017. Com a cocriação da peça “Portátil” e o registro da turnê para o canal Comedy Central, foi indicado ao Emmy Internacional 2017 na categoria Melhor Programa de Arte. Estreou o monólogo “Gisberta”, em 2017. Contratado da Rede Globo desde 2018, integrou o elenco da novela Segundo Sol, da série Shippados e na série Fora de Hora. Lobianco já atuou em 28 espetáculos, 13 longa-metragens e 17 produções para TV, entre novelas, séries e programas de variedades. Além de autor de teatro, é roteirista, produtor e criador.

Raphael Logam, 20 anos de carreira, foi indicado em 2019 ao Emmy Internacional de Melhor Ator por seu trabalho como protagonista da série “Impuros”, da Fox. Carioca. Sua trajetória começou aos 14 anos na peça “O Despertar da primavera”, com direção de Luisa Thiré, Carlos Arthur Thiré e Cadú Fávero. Em 2012, ganhou projeção ao ser indicado ao Prêmio Zilka Salaberry de Melhor Ator, com o espetáculo “Macunaíma uma história de amor”. No cinema, participou dos filmes “Irma Vap – O Retorno”, de Carla Camuratti, “Última parada 174”, de Bruno Barreto, “Pacified”, de Pax Winter (uma produção Brasil/EUA que ganhou, em setembro de 2019, o prêmio de Melhor Filme do Festival de San Sebastian, na Espanha), “Doidas e Santas”, de Paulo Thiago, e “M8. Quando a morte socorre a vida”, de Jeferson De. Na TV, atuou em projetos como as séries “A Turma do Pererê”, da TV Brasil, “A Lei e o Crime”, da Record, e “Questão de Família”, do GNT. Raphael também protagoniza “Homens”, do Comedy Central, ao lado de Fábio Porchat, Gabriel Godoy e Gabriel Louchard.

Sinopse

Quatro candidatos a uma vaga de executivo de uma multinacional se encontram para a fase final de testes seletivos. Enquanto aguardam, descobrem que estão sendo observados e que, na verdade, o teste já começou. Ao decorrer do tempo, vão sendo enviadas provas para que eles realizem em conjunto. A disputa vai ficando acirrada ao passo em que eles avançam. A competição é inevitável e expõe a verdadeira natureza de cada participante. O Método Grönholm é uma peça de diálogos extremamente inteligentes e ágeis, que explora o humor a partir do quão ridículo pode ser o ser humano em um ambiente competitivo.

O Método Grönholm

Teatro Unimed

Ed. Santos Augusta, Al. Santos, 2159, Jardins, São Paulo

Estreia: sexta-feira, 24 de junho de 2022

Curta temporada: de 24 de junho a 31 de julho de 2022

Horários: sextas e sábados, às 21h. Domingos, às 18h

Valores: Inteira – R$ 100,00 (plateia), R$ 80,00 (balcão). Meia-entrada – R$ 50,00 (plateia) e R$ 40,00 (balcão). Clientes Unimed têm 50% de desconto com apresentação da carteirinha. Descontos não cumulativos.

Horários da Bilheteria: Sexta e sábado, das 13h30 às 21h30. Domingos, das 10h30 às 18h30.

Duração: 70 minutos

Classificação: 12 anos

Capacidade: 249 lugares

Gênero: Comédia

Atenção: Não será permitida a entrada na sala após o início do espetáculo, não havendo a devolução de valores ou troca de ingressos para outra data.

Acessibilidade: Ingressos para cadeirantes e acompanhantes podem ser reservados pelo e-mail contato@teatrounimed.com.br

Recomenda-se o uso de máscara durante todo o espetáculo.

Estacionamento com manobrista: R$ 30,00 (preço único)

Vendas pela internet: http://www.sympla.com.br/teatrounimed

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: