Pular para o conteúdo

Eu Já Estive Em “Nossa Música”, de Dani Atkins

Assim como faço para ver filmes e séries, tento ler e pesquisa o mínimo possível sobre algo que vou começar a ler. Baixei Nossa Música, da Editora Arqueiro, no Kindle com base no grande número de comentários, mas tentei não ler para não saber nada sobre a obra. Só pensei: se tem bastante comentário, vamos lá! Falem bem ou falem mal, mas falem de mim.

Me surpreendi bastante com o livro, daqueles que você lê num fim de semana. Duas personagens, histórias paralelas que se cruzam no hospital, mas não tinha a menor ideia de que tudo ia se concentrar num leito de hospital, em dois leitos, melhor dizendo.

Tenho que confessar que na metade do livro eu já tinha o final definido na minha mente e acertei, mas não foi isso que impediu dos meus olhos se encherem de lágrimas quando uma das vítimas teve que partir (tentando dar o mínimo de spoilers possível :))

Nossa Música, de Dani Atkins, publicado pela Editora Arqueiro, está disponível nas livrarias e também em e-book. Foi um dos e-books disponibilizado de forma gratuita para os leitores durante a quarentena.

Abaixo algumas citações do livros:

  • Você pensa que tem o controle da sua vida, acredita que é você quem toma todas as decisões, e então algo assim acontece e você se dá conta de que é apenas uma minúscula peça em um jogo de xadrez, sendo movida de um lado para o outro, ao capricho de alguma coisa ou de alguém muito maior;
  • Alguém me disse uma vez que os relacionamentos terminam de duas maneiras: ou pouco a pouco, como a água gradualmente erodindo e desintegrando uma rocha, ou em uma imensa explosão, como um vulcão em erupção;
  • Um problema dividido é um problema reduzido a metade;
  • Quando se chega tão perto da beira do precipício a ponto de sentir o vento açoitando o rosto, é preciso reconhecer que é hora de mudar;
  • Existe uma necessidade de união quando algo tenebroso se aproxima. Mas, as vezes, não importa quantas pessoas amadas estejam do nosso lado, o golpe derruba você;
  • Pareceu haver um motivo para que estivéssemos todos ali, naquela noite, naquele lugar. Pessoas precisavam ser curadas, e não por médicos, mas por nós.

Janaína Leme

06/05/2020

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: