Pular para o conteúdo

Eu Já Estive Em “Devaneios de uma mente perturbada”, de Adam Mattos

Para quem curte contos, aquele horror que pode ser praticado e/ou causado por qualquer um de nós que tenhamos um surto, e gosta de histórias que terminam com um quê de quero mais, pode colocar na lista de leitura Devaneios de uma mente perturbada – Contos perturbadores de Adam Mattos, publicado pela editora Flyve.

Solidão, A lenda das duas cruzes, Assassinato, Máfia Paulistana, Enfeite, Escuridão do Infinito são alguns dos 24 contos que fazem parte da obra. Inclusive, Solidão, o primeiro conto, já te dá um soco no estômago ao contar a história de alguém que vem para a cidade grande, é assaltado, perde a carteira, a oportunidade de emprego e se vê passando fome. A lenda das duas cruzes trata justamente de alguém que não acredita na lenda de que as duas cruzes na estrada são assombradas e paga para ver.

Em Assassinato a questão é: ver alguém agonizar até a morte, sem prestar socorro, pode ser caracterizado como um assassinato cometido por aquele que observa? Máfia Paulistana coloca em discussão quanto o pai pode confiar nos próprios filhos quando estamos falando de comandar a Máfia. Um pobre senhor traz a triste realidade de quem passa horas viajando de cidade a cidade em busca de atendimento médico.

Enfim, o autor consegue mesclar contos que trazem o horror cinematográfico, mas também apresenta em sua escrita cenas do horror cotidiano da vida como ela é, mas que não deveria ser… Vamos a alguns trechos da obra:

– A gente começa aos poucos a se perguntar: será que tem mais do que isso? Ou a vida é simplesmente essa e temos que aceitá-la?

– Então era isso que minha mãe me falava quando dizia que as pessoas da cidade são diferentes. Ninguém parece se importar. Parece que ninguém te olha.

– A escuridão se assemelha ao mais profundo breu do infinito, sem estrelas, sem brilho, sem alma.

– Afinal o que era a vida se não um tempo desgraçado que somos obrigados a passar em um mundo pútrido e dominado por poucos que pensam sempre em humilhar os outros e em enriquecer à custa de gente como ele.

– Veja bem, eu não mato ninguém, não sou um ser materializado, apenas vivo dentro do ser humano, e a decisão de me abraçar ou não é de cada um.

Sinopse: Devaneios de uma mente perturbada é um livro de contos que flertam com o suspense e com o horror. Mas o horror real. Aquele que pode acontecer com qualquer um de nós. É um livro perturbador, justamente por isso. Ele escancara a maldade humana em toda a sua crueldade, inclusive se baseando em lendas reais. Mas deixando sempre uma pergunta no ar: o ser humano nasce mau, ou torna-se com o tempo?

Adam Mattos: escritor, poeta e advogado. Autor de dois livros: “Alma em pedaços” pela editora Viseu e “Devaneios de uma mente perturbada” pela editora Flyve e do conto “Ditadura”. Já publicou também em diversas antologias de inúmeras editoras, além de ter sido um dos vencedores do concurso novos poetas 2018, tendo integrado o livro Sarau Brasil 2018, da editora Vivara. Organizou duas antologias: “Corvo Literário – Poesias, Contos, Crônicas e Cordel brasileiro” que também editou, e “Corvo Literário – Insanidade” feita em parceria Corvo Literário e Editora Magnólia. Pós-graduado em Literatura brasileira; Pós-graduado em História das Religiões; Pós-graduado em Filosofia e Sociologia. É membro da Academia Independente de Letras, cadeira 170 (A Tolerância); Embaixador internacional da paz pelo World Literacy Forum for peace and human rights; Membro fundador da Academia brasileira de história e literatura; Doutor honoris causa em Literatura.

Devaneios de uma mente perturbada, de Adam Mattos, publicado pela editora Flyve, está disponível no formato digital. Assinantes do Kindle Unlimited podem baixar o e-book gratuitamente. O livro tem 115 páginas, foi lançado em junho de 2021, e está classificado como Horror e Contos.

Janaína Leme

@eujaestiveem

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: