Pular para o conteúdo

Grupo Matamoscas Teatral subverte a jornada do herói em Desempregada

Entre os dias 21 de janeiro e 12 de fevereiro, sábados (20h30) e domingos (19h), fica em cartaz no Giostri Teatro o espetáculo Desempregada, do grupo Matamoscas Teatral. O espetáculo tem direção de José Pedro e dramaturgia de Bella Rodrigues. No elenco, estão Ana Alencar, Carin Lima, Franco Cammilleri e PV Hipólito.
 
A peça é uma comédia que parte da simbologia dos super-heróis clássicos dos cinemas e dos quadrinhos, com enredo marcado também pela visitação aos textos “Sociedade do Cansaço”, de Byung-Chul Han, e “O Herói de Mil Faces”, de Joseph Campbell.
 
Essas temáticas foram associadas às questões enfrentadas pela juventude brasileira que adentra o mercado de trabalho no momento de crise pós-pandêmica, agravados pelo governo do ex-presidente Bolsonaro. No espetáculo, é exibida ao público a jornada do herói (modelo de narrativa cunhado por Joseph Campbell em “O Herói de Mil Faces”) que não deu certo, quebrando assim a expectativa e a promessa de uma estrutura narrativa tradicional. 
 
“A heroína se depara com um fracasso anticlimático a cada etapa, carregado de uma letargia frustrante. Existe algo de estranho na narrativa contada, seja na atuação do nosso contrarregra, ligeiramente mais incisivo do que o esperado, ou nas personagens que supostamente apareceriam para auxiliar sua jornada”, conta a dramaturga Bella Rodrigues.
 
Segundo Bella, o modelo da “jornada do herói”, atualmente seguido pela quase totalidade das produções midiáticas, é hegemonicamente eurocêntrico, estadunidense, branco, heteronormativo e masculino. O espetáculo reflete, portanto, sobre como uma jovem latino-americana se relaciona com essa ilusão grandiosa diante do contexto do país, que alcança índices assustadores de desemprego, que recentemente voltou a entrar no mapa da fome e que vem sofrendo um declínio no investimento público nas áreas de cultura, pesquisa e educação.
 
“A população jovem está cada vez mais frustrada, deprimida, doente, cansada e sem perspectiva de futuro, cenário semelhante ao que encontramos lendo o livro “Sociedade do Cansaço” de Byung-Chul Han”, complementa.

Sinopse sugerida
“Funcionária, seus serviços não são mais necessários.” Desempregada, solitária e certa de que ninguém tem uma vida pior do que a dela, uma jovem recebe um chamado para tornar-se uma super-heroína, com direito a poderes de verdade e calcinha por cima da calça. Conduzida por um contrarregra contratado, ela segue à risca todas as etapas da Jornada do Herói, encontrando em um mentor e em uma arqui-inimiga as figuras necessárias para sua transformação. Essa tentativa de jornada condensa sua vida banal, o cotidiano do escritório e o cenário político brasileiro, colocando em xeque nossos ideais heroicos, ao passo que nossa heroína faz de tudo para se encaixar em uma narrativa criada para homens.
 
Ficha Técnica
Direção: José Pedro
Assistência de Direção: Giovana Andrade
Dramaturgia: Bella Rodrigues
Elenco: Ana Alencar, Carin Lima, Franco Cammilleri e PV Hipólito
Cenografia: Diogo Monteiro
Figurino: Talisha Ribeiro
Iluminação: Ana Alencar
Audiovisual: Lucas Campos
Produção: Gabrielle Távora e PV Hipólito
Realização: Matamoscas Teatral
 
Serviço
Desempregada – Matamoscas Teatral
De 21 de janeiro a 12 de fevereiro. Sábados, às 20h30, e domingos, às 19h
Ingressos: R$ 40 (inteira) e R$ 20 (meia)
Local: Giostri Teatro. Rua Rui Barbosa, 201
Capacidade: 60 lugares
Duração: 70 min
Classificação indicativa: 12 anos
Gênero: Comédia

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: